Se as vendas no varejo físico estão com números negativos, as vendas no comércio eletrônico vão “de vento em popa”.Liderando o mercado de comércio eletrônico na América Latina, a consultoria eMarketer, tem como estimativa que o Brasil fature cerca deUS$ 19,79 bilhões em 2015, tendo uma alta de 17,3% em relação a 2014. Em segundo lugar se encontra o México, que deve faturar US$ 5,7 bilhões durante esse ano, e em terceiro lugar encontramos a Argentina, que deve totalizar cerca de US$ 4,9 bilhões em vendas.

A consultoria e-Bit também constatou um faturamento de R$ 35,8 bilhões no ano de 2014, um montante que representa crescimento 24% em relação a 2013. E os principais motivos desse crescimento são diagnosticados como Copa do Mundo e Black Friday. E você, ainda dúvida do potencial da internet? 😉