tumblr equipe

Membros da equipe do Tumblr estão visitando o Brasil para divulgar a versão em português da plataforma – lançada na última sexta-feira (18). E, juntamente com integrantes da equipe brasileira, estão em Curitiba desde ontem, quando rolou um MeetUp no Museu Oscar Niemeyer. Com 1400 pessoas presentes (segundo Felipe Teobaldo, consultor nacional do Tumblr), o meetup quebrou seu próprio recorde de maior encontro de usuários do mundo. No ano passado, foram 500 pessoas presentes.

O encontro foi organizado, a princípio, pelos próprios usuários, o que mostra o envolvimento dos curitibanos com a rede. Gina Gotthilf, gerente de internacionalização do Tumblr, afirma que Curitiba não é maior comunidade em termos de quantidade, mas os usuários daqui são mais engajados.

“Por isso, a comunidade de Curitiba é muito importante para nós”, finaliza Gina.

tumblr curitiba

Estatísticas: números do Tumblr no Brasil

A rede conta com usuários no mundo todo de várias idades, desde adolescentes até idosos (sim, seu pai pode estar no Tumblr e você nem sabe!), mas a comunidade brasileira pertence, em sua maioria, à faixa de 18 a 35 anos, segundo Gina. A divisão entre sexos é bem pouco marcada, sendo o Tumblr usado por homens e mulheres com intensidade semelhante.

Tendo crescido 6000% no ano passado (!), o uso do Tumblr no Brasil é feito de um modo muito parecido com o que os americanos faziam há cerca de dois anos. E passamos em média 32 minutos por dia no Tumblr, o que é considerado bastante tempo em relação à média mundial de pouco mais de 20 minutos.

A inevitável comparação com os blogs: eles estão sendo ultrapassados pelo Tumblr?

Há previsão de que, até o final desse ano, a palavra “Tumblr” possa ultrapassar “blogs” em quantidade de buscas no Google. Porém, a equipe acredita que o Tumblr não irá substituir os blogs, apenas continuar como um forte complemento a eles. É uma maneira diferente de consumir conteúdo, “um jeito mais fácil de blogar”, diz Jessica Bennett, editora executiva do Tumblr. O fundador, David Karp, criou o serviço seguindo o desejo de postar conteúdo e compartilhá-los de maneira mais fácil que nos blogs, como uma forma mais simples de se expressar. Ou seja, o Tumblr e os blogs se complementam, não necessariamente competem.

O “concorrente” Pinterest

Os membros da equipe concordam em não considerar o Pinterest um concorrente, e sim apenas mais uma opção de rede oferecida ao internauta. Afirmam que se trata de duas plataformas bem diferentes, é sem sentido achar que ali há uma concorrência, uma competição. Do mesmo jeito que temos contas no Facebook e no Twitter ao mesmo tempo, um usuário pode sem problemas usar as duas.

~

E você ainda acredita no mito de que só adolescente desocupado usa o Tumblr? A propósito, a gente também está lá, visite nossa página! 😉