Na última terça-feira (15), Mark Zuckerberg finalmente colocou fim às especulações lançadas com a convocação da coletiva de imprensa misteriosa. O Facebook agora possui uma nova ferramenta de busca, o Graph Search, ou Busca Social.

Graph-Search1

Durante a apresentação nos Estados Unidos, o CEO da rede social apresentou exemplos do uso da ferramenta, como uma busca por “pessoas que gostam do que eu gosto” ou “amigos que moram em Palo Alto, Califórnia e que gostam de Game of Thrones ”.

 Graph-Search2

Na primeira fase, o foco da Busca Social está em quatro pilares: pessoas, fotos, lugares e interesses. Posts, comentários e ações estão nos planos futuros. Na prática isso significa que você poderá encontrar desconhecidos ou amigos que gostem das mesmas coisas e até descobrir dicas de restaurantes pela cidade. Que beleza, não?

Graph-Search3

Agora, se você é chegado na arte de stalkear e acha que a ferramenta veio para facilitar a sua vida, não se anime! O graph search foi projetado respeitando as políticas de privacidade da rede, ou seja, você só terá acesso às informações compartilhadas com você, assim como os outros só terão acesso as suas informações compartilhadas com eles. Segundo Zuckerberg, a Busca Social traz um resultado diferente para cada pessoa, sendo baseado na rede de contatos.

Ao final, no maior estilo Steve Jobs (R.I.P.) de anunciar novidades, Mark Zuckerberg afirmou uma parceria com o Bing, da Microsoft, como forma de completar as buscas na rede.

Por enquanto apenas um pequeno grupo de pessoas, que possuem o Facebook em inglês, tem acesso a uma versão beta da ferramenta. Se desejar, você pode se cadastrar aqui para entrar na lista de espera e ser avisado quando o serviço estiver disponível para você.